sábado, 12 de março de 2011

A INSUFICIENTE VIRTUALIDADE

             A culpa não é só da chuva, que não dá trégua.
          Ninguém deveria passar uma noite de sábado diante de um monitor, seja ele de computador ou televisão.
          Cadê as risadas? A música? Os garçons? Os amigos? Os amores?
          Não entendo como os jovens conseguem trocar um desses programas por "conversas virtuais".
           Nada substitui a tela grande do cinema, as luzes da cidade, o burburinho de seus semelhantes, o contato físico, a discussão criativa, o beijo. Deus do Céu, como podem namorar sem beijo?!
          Pessoas desmazeladas, descabeladas, com uma postura horrível diante do teclado, entupindo-se de porcarias, rindo sozinhas, bisbilhotando a vida dos outros, enfim, uma atividade que pode ser prazerosa se não se transformar em hábito, dependência.
         Reparem que nem me referi aos casos patológicos, àquelas pessoas que comem e se despem diante de uma câmera para serem vistas por gente vazia, que não tem nada melhor para fazer.
         Também não citei os estudantes que deixam de utilizar a internet como recurso altamente eficaz de pesquisa para apenas trocar mensagens numa linguagenzinha tatibitati, com abreviações mal feitas e completamente sem sentido.
          Quem pode, quem tem liberdade, companhia, dinheiro deve achar algo muito melhor para fazer num final de semana do que apoiar o queixo na mão e ficar vasculhando os álbuns dos amigos, ou trocando frases feitas com outro desanimado.
         Que tal um bom banho, uma roupa bacana, um bom perfume e ... rua?!
          Ou um pijama confortável e um livro ma-ra-vi-lho-so?!
          Nada disso? Bem, mas o jornal de domingo é recheado de coisas interessantes, ótimas indicações de filmes e leituras e até receitas de dar água na boca.
          Não podemos abandonar o mundo real, porque é nele que vivemos, sem a proteção desta telinha.
          Por outro lado, sempre que o nonsense da internet lhe entediar, passe por aqui, releia algum texto antigo e quem sabe terá boas surpresas.
           Um blog com textos fundamentados é ainda um reduto de sentido nesse mundo virtual.
           E você é sempre meu convidado!
       

4 comentários:

Claúdia Luz disse...

Boa noite !!!

De repente a tela do computador virou um espelho !!ah! ah!

Que coisa triste !!

Adorei !!

Linda noite ! Beijos !!

Ivana Maria disse...

Tem plena e total razão, minha querida. Dissestes umas verdades que mereciam muito bem serem lidas, principalmente, pelos jovens. Mas, cá estamos nós, pais e mães, no nosso dever de cumprir o papel de educadores dos nossos filhos e, principalmente, exemplos, não é mesmo? bjs. Tenha um ótimo final de semana.

Suedivaldo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Suedivaldo disse...

Oi Maria, tudo bem? Estou chegando agora no seu blog e vou-te dizer estou gostando muito viu? Ta de Parabéns pelo blog e eu irei acompanhar sempre. Se possível da uma passadinha no meu também e segue lá, acho que você ira gostar do meu trabalho, da minha historia e dos meus sonhos o link para o meu blog segue abaixo.

http://galeriadephotoos.blogspot.com/

Novamente lhe parabenizo pelo blog, pois gostei muito das suas postagens em especial dessa que fala de uma realidade que acontece com muitos jovens do nosso pais.

Grande abraço!

Suedivaldo