terça-feira, 14 de junho de 2016

PARABÉNS DONA CONCEIÇÃO!



Escrito há 4 anos.

 
Minha mãe querida! Como traduzir em palavras a emoção e a alegria de te abraçar no dia em que completas 93 anos?

Que maior bênção um filho pode receber do que conviver com sua mãe saudável por tanto tempo?

Dizes que a diminuição da visão e da audição constituem um ônus muito pesado, todavia, quando brincas de bonecas com a Bruninha, ou de carrinho com o Lucas pareces tão nova, tão cheia de energia, tão criança como eles!

Onde teus netos conseguiriam torcedora mais entusiasta (e opiniática) para assistir com eles aos jogos do Internacional e da Copa do Mundo?

Em que ombro eu poderia chorar minhas mágoas quando as coisas não saem do jeito que a gente deseja? E quem me acharia sempre bonita, sempre inteligente, sempre a melhor em tudo, além de ti?
Até teus médicos ficam cobrando tua visita, pois adoram criticar o Governo contigo!

Hoje, eu queria poder te levar para a Mariz e Barros, lá no nosso Alegrete, a fim de que esperasses teus amigos com aquele tradicional chocolate quente.

Meus compromissos de vovó-babá não me permitem e o frio que faz na nossa terrinha nesta época também não é muito convidativo para tuas dezenas de anos. Mas no verão a gente vai, se Deus quiser, e chama todo mundo para te rever. Prometo!

Agora, deixa todos nós nos acercarmos de ti e entoarmos, a plenos pulmões, um Parabéns a Você do jeitinho que tu mereces!

É muito bom ser tua filha mãe! Tenho um orgulho imenso de ti!

Recebe, neste 17 de junho, uma cascata de beijos desta filha que te adora.



                                                                                               

Nenhum comentário: