sexta-feira, 4 de novembro de 2011

MULHERES VUVUZELAS


               Poderia dizer "pessoas", mas infelizmente são as mulheres que detém com mais frequência esta má fama de ficar zumbindo nos ouvidos dos homens, reclamando, pedindo, criticando, enchendo o saco mesmo.
                Calma! Guardem as pedras, por favor, e leiam até o fim. É claro que existem homens que precisam ser constantemente tocados para que se mexam, que só funcionam abaixo de críticas e só presenteiam com aquilo que for muito pedido. Estes merecem mesmo uma vuvuzela  dia e noite em seus ouvidos.
                  Imagino que todos saibam que  vuvuzela é aquela corneta irritante usada pelos torcedores sul africanos na Copa do Mundo.
                   Agora, fala sério, vai dizer que não existem mulheres que passam a vida buzinando na cabeça dos seus pobres maridos, noivos, namorados, sempre insatisfeitas, sempre mal humoradas, sempre reclamando de alguma coisa, sempre querendo mais?!
                   Está ouvindo, por exemplo, o Noturno de Chopin? Com certeza seus ouvidos estão bem mais relaxados do que se tivesse aquele enxame de abelhas corroendo seus tímpanos.
                   Pois as mulheres deveriam pelo menos tentar ser um pouco mais Chopin e bem menos vuvuzelas.
                    Quantas delas não estarão hoje azeitando suas cornetas por conta de qualquer senão nas comemorações do Dia dos Namorados? E será que já pararam para pensar se realmente se comportam como namoradas? O presente nunca é do seu gosto, se é caro foi um desperdício, se é barato é porque o infeliz é pão duro. Se for para casa é sinal de que o homem só quer uma doméstica; se não é, diz logo que ele fica gastando "em bobagens" quando a casa precisa de tantas coisas! Se ficar grande é porque ele a enxerga como "gorda". Se ficar apertado, não resta dúvida que ele quer humilhá-la. Essas são, sem sombra de dúvidas, mulheres vuvuzelas!
                     E você, que tipo de mulher é, ou, no caso dos homens, que tipo de mulher tem?
                     A FIFA não conseguiu proibir as tais cornetas irritantes, mas você pode evitar que sua casa vire um estádio de futebol sul africano.
                     Cuidado com as vuvuzelas!

Um comentário:

Jeanne Geyer disse...

com tanta mulher sobrando no mercado, não entendo os que aguentam estas "malas",rsrs