domingo, 26 de dezembro de 2010

MUNDO FEMININO

            Mulheres são múltiplas.
          Cuidam, escrevem, estudam, criticam, reclamam, rezam, cozinham, limpam, beijam, compreendem, perdoam, estimulam e mil outras nuances irrelatáveis e incontáveis.
          Quando são boas são ótimas e, quando más, péssimas.
          Queiram ou não, o mundo será mesmo dominado pelas mulheres, porque só nascem mulheres. Reparem!
          Infiltradas em todas as profissões, agora são até Presidentes de várias repúblicas.
          Para o Ano Novo, gostaria de sugerir para a Globo que fizesse uma minissérie sobre as mulheres de todas as regiões do país. Assim como "As Cariocas". Em "A casa das sete mulheres" a mulher gaúcha dos idos tempos foi bem representada, bem como em JK tivemos uma amostrinha da mulher mineira. Agora, um retrato completo e atual dessas mulheres de hoje, belos produtos de cada canto do Brasil seria bem interessante, não acham?
          Quem sabe aqueles mesmos "espiões" que plagiaram meus termos "cinquentinhas" e "Oscarito" e o usaram bem depois em programas da emissora poderiam anotar esta minha sugestão e repassá-la. Não me importo de não receber nada pelas minhas idéias, embora gostasse de ver reconhecida a autoria delas.
           Revendo as fotos do Natal encontrei sacramentada nossa multiplicidade, pois meu protesto político foi embalado junto com a ceia e não deixei de cumprir meu papel.
             Querem ver como ficou bonito e gostoso?

 

4 comentários:

Jeanne disse...

É uma matriarca das boas! Não consigo cumprir esse papel, bem que gostaria. A ceia sempre é na casa da Cynthia, e muito boas por sinal e graças a Deus. Com tanta tristeza por aí, estarmos reunidos e com saúde já está de bom tamanho, não é mesmo?
quanto ao mundo feminino, não sei não, não acho que a gente seja tudo isso, sei que mulher é bicho complicado,rsrs
Beijos

Anônimo disse...

Já cansei de fazer esse papel sozinha. Os homens, maridos e filhos, esperam demais das mulheres!

Maria Luiza Vargas Ramos disse...

Não costumo responder os comentários, porque mal tenho tempo de escrever,mas dessa vez quero dizer à querida leitora "anônima" que aqui em casa , INFELIZMENTE, eu compro, pago,carrego, preparo, sirvo, tiro a mesa, lavo e guardo. Sozinha. Muito elogiada na verdade, mas sem ajuda alguma. Talvez por isso ande um pouco cansada dessas comemorações. E ainda falta o Ano Novo...

Ivana Maria disse...

Concordo com você, amiga, as mulheres tem conquistado mesmo muito espaço graças a esse poder de multiplicar-se. Acredito que muito crédito feminino deve-se a nossa sensibilidade em compreender mais o próximo, somos, diferentemente da maioria dos homens, mais emoção. Eles nos completam com a sua "razão". Mas bem que podiam também lavar a louça, passar o pano, limpar a geladeira... Um feliz 2011. bjs