quinta-feira, 16 de junho de 2016

MINHA MÃE



Escrita há 3 anos.


Dia 17 de junho minha mãe estará completando 94 anos!
Já imaginaram o que é viver 94 anos?
O que ela viu, as concessões que precisou fazer, os reajustes da moeda, a moda indo e voltando, os novos valores, a tecnologia,  a correria, a violência, as perdas, o futuro e o passado tão presentes, mudanças radicais.
Minha mãe se chama Conceição e é parente distante de Getúlio Vargas.
Já operou catarata nos dois olhos, leu compulsivamente até bem pouco tempo e agora tem uma leitora para lhe colocar a par de todo o Correio do Povo diariamente, sempre um romance, crônicas minhas que imprimo para ela e revistas que antecipam as novelas, pois diz não gostar de sofrer, preferindo assistir as cenas sabendo do desenlace (depois fica contando).
É uma mulher bonita, além de extremamente simpática, sempre oferecendo seu melhor sorriso a todos que por ela passam.
Generosa, abre mão de tudo pela família e pelos amigos.
Religiosa, passa horas com seus santos, seu terço, sua Bíblia.
Nunca reclama de nada, nem diz que no seu tempo era melhor. Compreende todos os modernismos e aceita com tranquilidade os conceitos das novas gerações.
Politiqueira (como boa Vargas), conhece os políticos e tem opinião formada sobre o desempenho deles. E não deixa de votar.
Não perde jogo do Internacional e da Seleção Brasileira, assinou o canal que passa todos os jogos para assistir com os netos e bacias de pipoca.
Deleita-se à tarde, ouvindo Roberto Carlos e Teixeirinha, num aparelho de som ao lado da cama.
Incapaz de uma grosseria, um desacato, uma maledicência. Quando não tem saída, prefere ironizar sutilmente.
Encantada com os filhos, os netos e os bisnetos, brinca de carrinho e pescaria com o Lucas, de bonecas o dia todo com a Bruninha e agora está encantada com a pequena Alice. Dá gosto de ver!
Enfim, com esta lucidez, esta simpatia e esta saúde vale muito a pena viver 93 anos!
Mãe querida, queria que soubesses que tenho o maior orgulho de ser tua filha!




Nenhum comentário: