sábado, 3 de outubro de 2009

BRASIL 2016!

             O Brasil vai sediar os Jogos Olímpicos de 2016, ou melhor, o  Rio de Janeiro vai.
             Como brasileira, fiquei arrepiada ao ver nosso país suplantar a bela Madri, a rica Chicago e a moderna Tóquio.
              As imagens da Cidade Maravilhosa suplantaram sua carga negativa de violência. Que bom! Estava na hora de se resgatar um pouco a beleza carioca para o mundo, outrora cantada em verso e prosa e hoje sufocada pelas "tropas de choque", "cidades de deus" e coisas do gênero.
             Só fui ao Rio uma vez e apenas visitei os pontos turísticos. Paguei sempre mais caro para ir até o Nordeste, fugindo do tráfico e das balas perdidas. Nem cheguei a "sentir" a cidade; gostaria de ter ido aos bares da Lapa à noite, ao Canecão, ao Teatro Municipal, mas nunca fui.
             Em 2016 Lucas terá treze anos e Bruna oito. Caramba! Hoje eles ainda são tão pequenininhos, ela mal sabe andar e falar e ele recém está se alfabetizando.
              Eu estarei sete anos mais velha ... será que pesarão muito? Depende da quantidade de problemas que enfrentarei até lá e da qualidade de vida que terei, além da proteção divina e de um pouco de sorte.
              Minha mãe terá noventa e sete anos (se Deus quiser terá!) e terei dois filhos quarentões. Ai, ai, ai...agora doeu!
              É meus amigos, quantos de nós ainda estaremos por aqui e de que forma estaremos? Ninguém sabe. Ainda bem.
              Dificilmente irei ao Rio e assistirei aos jogos, pois deverá ser tudo caro, complicado, esgotado, com a cartolagem reservando os melhores lugares, o povo se acotovelando nas filas (na melhor das hipóteses), de forma que acabarei assistindo pela televisão, como sempre, da mesma forma que faria se os jogos acontecessem em qualquer dos outros países.
             Fiquei pasma de ver numa sexta-feira de manhã a praia de Copacabana LOTADA à espera do resultado. Seria feriado lá? Até para o Carnaval antecipado? Patrões bonzinhos esses... compreensivos...
            Gostaria de assistir a todas as modalidades de ginástica, à natação, ao hipismo e ao vôlei. Para mim já estaria de bom tamanho. Mas acho que nem vou tentar.
            Bem, até 2016 decerto já terei comprado uma televisão dessas ultramodernas, fininhas, com alta definição.
           E que venha a Olimpíada!
  

Um comentário:

Maria José disse...

Com certeza, se você não puder ir, vai assistir um belo show pela TV. Todos ficaremos muito emocionados com este dia. Se Deus quiser, irei assistir também, aos 64 anos. Beijos.